segunda-feira, março 21, 2011

Dior - Galliano

Lembrando do fim do mês passado as declarações de Natalie Portman, durante a entrega do Oscar, em que disse que não gostaria de ter seu nome associado ao do 
renomado estilista John Galliano da Dior.



A moça, que é o rosto dos perfumes da marca, que é judia declarou ainda:"Estou profundamente chocada e enjoada pelo vídeo dos comentários de JG. que vieram à tona."
Ao referir-se a vídeos em que o Diretor Criativo da Dior por insultar um casal em um restaurante no bairro do Marais, reduto originalmente judeu, ponto de encontro gay e foco de modismos famoso no mundo inteiro.
Há ainda declaração do estilista onde ressalta o amor à Hitler.

Sabe que eu não tinha dado muita atenção a isso não, mas a coisa parece que ficou feia:
Galliano foi preso, interrogado, depôs e negou as acusações.
e enfim o poderoso Galliano foi demitido.

Pra quem tiver curiosidade sobre o causo, super baphônico poderá ver uma matéria especial no GNT hoje, segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário